20.1.10

Plano Estratégico para os Museus do Século XXI ?




Albrecht Dürer (1471-1528)




O que vem a lume, são as demissões (nomeadamente a do director do Museu de Arte Antiga), as nomeações e outras re.conduções, assim justificadas em comunicado do gabinete da Ministra da Cultura:


"a opção de não recondução no cargo por Paulo Henriques vem no 'âmbito de uma nova orientação estratégica dos organismos do ministério da Cultura, em consonância com o Programa do XVIII Governo Constitucional, em que se inclui o Plano Estratégico para os Museus do Século XXI'.


Aqui, na Antena 1, pode ouvir:
http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Antonio-Filipe-Pimentel-e-o-novo-director-do-Museu-Nacional-de-Arte-Antiga.rtp&headline=46&visual=9&article=312259&tm=4


Quanto ao plano estratégico terá que ser bem esmiuçado, sobretudo no que respeita à mudança da tutela de alguns museus do IMC para as Câmaras Municipais.

Sem comentários: