26.10.06

E que tal o Encontro de São Brás de Alportel?

Aqui vão ficar as conclusões

38 comentários:

Musealogando disse...

O encontro foi excelente.
Estamos preparando as conclussões.
Um dos temas
O VOLUNTARIADO
despertou muito interesse e não se esgotou nas jornadas.
Assim que aqui vai um desafio para novas abordagens desse tema para quem queira pensar no assunto:

DEMOCRACIA E PARTICIPAÇÃO

Musealogando disse...

- Prticipação como exercício da cidadania e da democracís
- Profissional do museu e identidade socio-profissional
- Profissional versus voluntário, relações e complementaridades

Musealogando disse...

ENTÃO MUSEALOGADORES!!
AINDA NINGUEM ENTRU NA PÁGINA?

Judite Primo disse...

As Jornadas foram excelentes. O debate acirrado levou a que a questão do voluntariado não se esgotasse numa jornada, assim teremos mais uma oportunidade de continuar o debate no próximo encontro previsto para Março. Até lá poderemos e devemos continuar o diálogo.

Musealogando disse...

SE TIVEREM ALGUMA DIFICULDADE CONTACTEM
a.mercedes.fmsoares@mail.telepacpt

Mário Moutinho disse...

Olá a todos, Viva o minom e a museologia social

Ana Mercedes disse...

Olá a todos.
Em breve vou traduzir para os participantes deste Blog uma mensagem de Pierre Mayrand que nos entregou, depois das Jornadas e antes de sua partida de S. Bras de Alportel

Ana Mercedes disse...

Isabel Victor!
Fazes o favor de musealogar connosco?

Judite Primo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Judite Primo disse...

Ana, no seu segundo comentário, sugiro que no último ponto retirássemos o "verso" entre as palavras profissionais e voluntário. A sugestão é para que fique: "Profissionais e Voluntário: relaçóes e complementariedades."
A relação entre ambos deve ser exactamente de complementridade e não de choque/embate.

Judite Primo disse...

Aos MINOMIANOS(AS)
decobrir um blog que sugiro que seja visitado. Ele possui imensa informação sobre museologia e museus e apresenta também como tema de debate a destituição do Museu de Arte Popular e abertura, nomesmo local, de um museu da língua portuguesa (a luz do daquele q foi feito no Brasil). Deixo o endereços para a vossa consulta, assim como o endereço de uma petição, on-line, que apesar de pouco explita sobre o seu objectivo, tenta alertar para o facto de ainda não sabermos o que será feito com a colecção do MNAP.
http://nomundodosmuseus.blogspot.com/
www.petitiononline.com/MAP2006/petition.html

isabel victor disse...

Minhas amigas e amigos: atrasada como sempre ! Quem me conhece sabe que não sou mulher de pressas ..., talvez por ter nascido junto à ria de Aveiro, onde a água inspira calma e os barcos deslizam com doçura, fui "tocada" por uma melancolia algo estranha. Desculpem-me ... (especialmente Mercedes, regina e Judite que não me deixam "dormir na forma"!)
Quanto a alportel e tudo o que por lá se conspirou foi magnífico ! Contrastes, amores e desamores,conversas soltas, tópicos museológicos da maior contemporaneidade - o porquê e para quê dos Museus, a deriva da museologia nos tempos que correm ... GOSTEI ! GOSTEI TANTO DE ESTAR CONVOSCO ! E tb GOSTEI da "ADEGA DO NUNES", da tertúlia de Faro, do Coro multicultural, da forma envolvente com que o Emanuel e a equipa do Museu do Traje nos acolheu. Bjs * da Isabel Victor

isabel victor disse...

Olá César ! Gostei imenso de te re(ver) e dos contributos k deste para a discussão no nosso "forum" sobre voluntariado/participação/cidadania,acho que chamaste as coisas pelos nomes,com lucidez, sem medo das palavras ! Aproveito este espaço para te dizer que a Margarida Melo (mestranda museologia da Lusófona) irá contactar-te para iniciar as tais sessões com as pessoas do teu museu. Espero ir, pelo menos à primeira, de apresentação. ABRAÇO MUSEOLÓGICO * Até breve

isabel victor disse...

Mercedes: para TI este poema de Rosalía de Castro, nome GRANDE da tua GALIZA que eu tb tanto gosto ! O tema é recorrente ... (lembro-me de cantar cerimoniosamente, com amigas e amigos, esta canção, à volta da fogueira, em inesquecíveis serões de jovens de outrora (utópicos), militantes de causas, inspiradas pela revolução de Abril!)


CANTAR DE EMIGRAÇÃO

Este parte, aquele parte
e todos, todos se vão.
Galiza, ficas sem homens
que possam cortar teu pão

Tens em troca orfãos e orfãs
e campos de solidão
e mães que não têm filhos
filhos que não têm pais.

Corações que tens e sofrem
longas horas mortais
viúvas de vivos-mortos
que ninguém consolará

(Traducão de José Niza )

Ana Mercedes disse...

PARA TODOS OS QUE QUEIRAM PARTICIPAR NA "CONVERSA" SOBRE VOLUNTARIADO E MUSEUS, AQUI VÃO CORRIGIDAS AS FRASES DE DESAFIO À REFLEXÃO:

* PARTICIPAÇÃO COMO EXERCÍCIO DA CIDADANIA E DA DEMOCRACIA
* PROFISSIONAIS DOS MUSEUS E IDENTIDADE PROFISSIONAL
* NOVA MUSEOLOGIA E VOLUNTARIADO
* PROFISSIONAIS E VOLUNTÁRIOS: RELAÇÕES E COMPLEMENTARIDADES

Ana Mercedes disse...

ISABEL:
AQUI VAI UM TEXTO QUE ESCREVI SOBRE AS CASA-MUSEU.
NÃO É UM POEMA, MAS HÁ ALGO DE POÉTICO PELO MEIO.

AS CASAS-MUSEU
As Casas – Museu são, por definição, uma manifestação de solidariedade e cidadania, quando põem ao serviço da comunidade um património privado. Todas elas foram, num dado momento, a residência de alguém que dedicou à comunidade o melhor do seu saber ou da sua prática científica, artística, política ou social. Quase todas guardam a história de alguém que soube merecer, para além da morte, a recordação actuante da sua mensagem e do seu exemplo.

Assim nascem todas as Casas–Museu. Elas representam, do ponto de vista Museológico, a sobrevivência de uma forma pessoal de património, que assume o significado de contributo individual à História comum.

Existem em todas as partes do Mundo. Umas conservam-se intocadas e perfeitas, paradas no tempo e tal como eram quando os seus donos nelas viviam; os visitantes falam baixo e ainda conseguem sentir o cheiro do passado nas suas paredes. Outras definham no abandono a que foram votadas, sem recursos e presas a condicionalismos de doações que não lhes permitem desenvolver-se. Algumas transformam-se em redutos estáticos de memória, sem hipótese de transmitir a sua mensagem, em aparente contradição com as novas tecnologias da informação.

Mas algumas conseguem trazer para o presente o melhor do seu passado e projectá-lo no futuro. Vivem junto das suas comunidades como um motor do seu desenvolvimento, aproximam-se das escolas e organizam, para elas, actividades culturais, investigam a memória dos lugares em que se encontram inseridas e geram à sua volta um movimento de renovado interesse pelo conhecimento do passado.

Todas as Casas–Museu representam algo do melhor da história de um país. Com mais ou menos modernidade, com maior ou menor sentido de vocação museológica, todas devem merecer a atenção dos poderes públicos e privados. As melhores para serem promovidas, as menos boas para serem melhoradas.

Um país desatento às suas Casas–Museu é um país que condena ao esquecimento a memória de alguns dos seus melhores cidadãos.

isabel victor disse...

Boa noite Mercedes : em boa prosa poética apelas, com mestria, ao dever de memória

"Um país desatento às suas Casas–Museu é um país que condena ao esquecimento a memória de alguns dos seus melhores cidadãos"

As casas-museu têm algo de voyeurismo que pode ser muito estimulante. Lembro-me de ter visitado, há alguns anos, a casa-museu do escritor Pierre Lotti em Rochefort ... impressionou-me e fez-me interessar pela sua obra !

Nota: seria mto interessante colocar aqui algumas fotos do Encontro de Alportel! Mas não sei como fazer ...

Podíamos falar com o Emanuel (eu encarrego-me disso); talvez o fotojornalista (correspondente do DN ?)que fez a reportagem completa do Encontro nos possa ajudar! Seria interessante e animava o nosso Blog

Também temos que nos dar a conhecer a outros blogers ! Críticas precisam-se !

Ana Carvalho disse...

Qual o vosso balanço do encontro? Tive alguma dificuldade em encontrar informação sobre o encontro. O site do Minom já não é actualizado há algum tempo. É uma pena!
Parabéns pelo blog. E espero que se torne um espaço de intervenção, debate e discussão. Já vai sendo preciso agitar a museologia em portugal!
Ana Carvalho
http://www.nomundodosmuseus.blogspot.com/

Ana Mercedes disse...

Enmanuel.
estamos a espera de teu balanço sobre o Encontro.
Precisamos da opinião do anfitrião.

Ana Mercedes disse...

Cara Ana Carvalho:
Há um novo site do MINOM.
Consulta:
minom-icom.net
Um abraço
Ana Mercedes

isabel victor disse...

Notícias:

Evolución de la escritura y sus soportes
2 Aug 2006 by joelhotham
El Museiom estaba dedicado a la enseñanza e investigación y la grán biblioteca era sumamente completa y ... El y su hijo Ptolomeo II llamaron a sus sabios griegos y formaron una academia radicada en el templo de las Musas, el Museiom. ...

Todo Monografías - http://www.todomonografias.com

isabel victor disse...

Então Emanuel ?!
Dificuldades em aceder ao Musealogando ...

isabel victor disse...

Pessoal espreitem o meu blog e ... deixem os vossos comentários !

http://isabelvictor150.blogspot.com


( continuo sem saber como se podem colocar textos e fotos neste " Musealogando "

Emanuel Sancho disse...

OLÁ

Emanuel Sancho disse...

Olá. Como vão os "minomistas" desde S. Brás ?
Gostaria de vos dizer que gostei muito de ter recebido as Jornadas. Pela mão da nossa Glória Marreiros, acabei sentindo que estava entre amigos depois de "sumidos" alguns receios iniciais.
Gostei especialmente da discussão acerca da Participação e Voluntariado que, como foi dito, deixou muito para se discutir o que é excelente. Fiquei com a impressão que tudo correu de forma agradável pois não dei por reclamações. Conheci algumas PESSOAS que passei admirar e acho fui conquistado definitivamento pelo MINOM. Obrigado.
Emanuel Sancho
Ps. Por agora aguardamos pelas conclusões e tb pelo tal texto do Pierre.

Musealogando disse...

17 JORNADAS SOBRE A FUNÇÃO SOCIAL DO MUSEU ACÇÃO MUSEAL: PARTICIPAÇÃO E VOLUNTARIADO

REFLEXÕES E CONCLUSÕES

PIERRE MAYRAND:Apports du Volontariat à l’action muséale

Dans le contexte ou la mission social est assumée, explicitée et priorisée, le volontariat, (défini comme l’adhésion librement assumée au projet social du musée) indépendant du statut économique ou hiérarchique de celui qui y adhère, est l’une des caractéristiques essentielles de l’esprit d’engagement social de l’équipe muséale – le volontariat, dans cette acceptation du terme de la fonction, suppose une réflexion permanente sur les finalités de l’action sociale communautaire et citadine responsable de la part de l’ensemble des acteurs impliqués dans le projet muséal -.

Sur le plan déontologique, il admet la militance et toutes les conditions susceptibles d’alimenter la vie coopérative a travers l’apprentissage de la démocratie et une vision ouverte sur l’évolution des sociétés.

Le volontariat, ainsi compris, est une école d’organisation et de communication sociale, utilisant la spécificité du travail culturel muséal pour la promotion des alternatives pouvant contrer les idéologies qui favorisent le statisme, l’absolutisme, la répression.


PIERRE MAYRAND: Contributos do voluntariado na actividade museal

No contexto dum museu onde a missão social é assumida, explicitada e prriorizada, o voluntariado (definido como a adesão livremente assumida ao projecto social do museu) independente do estatuto económico ou hierárquico de quem a ele adere, é uma das características essenciais do espírito de compromisso social da equipa museal - o voluntariado, nesta aceitação do termo da função, pressupõe uma reflexão permanentes sobre as finalidades da dita acção social comunitária e cidadã responsável por parte do conjunto dos actores implicados no projecto museal -.

Do ponto de vista deontológico, admite a militância e todas as condições susceptíveis de alimentar a vida cooperativa através da aprendizagem da democracia e de uma visão aberta sobre a evolução das sociedades.

O voluntariado, assim compreendido é uma escola de organização e de comunicação social, utilizando a especificidade do trabalho cultural museal, para a promoção das alternativas que possam contrariar as ideologias que favorecem o estatismo, o absolutismo e a repressão.

NOTA: A expressão “MUSEAL” é aqui utilizada como abrangendo, do ponto de vista constructivo, a acção museológica e a museográfica.

Musealogando disse...

DE PIERRE MAYRAND

Bonjour, bonjour MINOM Internacional,

Notre dernière rencontre sur la muséologie sociale – place au volontariat – á S. Bràs, vient de restimuler , malgré des difficultés sémantiques découlant des contextes, mon intérêt pour les niveaux d’implication dans l’action muséale que nous ( ?) défendons : Un échange nourri, responsable, courageux, laissant la place aux confrontations, hésitations, clarifications et aux engagements. Qu’en est il de vous-mêmes, dispersés aux trois coins du monde ? Une pensée toute particulière pour el companero Raul qui vit des moments difficiles. En Algarve, Luisa Rogado et moi-même poussons la locomotive à fond de train, dans la voie de l´expérimentation systématique. Hôtes du prochain atelier du MINOM-Portugal, Musées-autarquies ( Mai, quelle gestion pour les musées municipaux ?) ce travail sera soumis á l’appréciation des participants : Une démarche qui situe la muséologie dans le cadre élargi, fondamental, de la réforme des structurées de la gestion civile de la culture et du développement ( Rede social, Agenda …). Vantardise ? Nous y puisons l’énergie pour alimenter la machine de notre invention !
Hasta luego muchachos (as).

Pierre.

Anónimo disse...

Hello
live chat
Good job.....thanks.....Must be a reason to find friends in your area! Try my page....
G'night

Anónimo disse...

Hi all!. Alone on Valentine's Day? Adult Chat & Love Try to find partner in your area!
for fun

Anónimo disse...

Hello. Alone on Valentine's Day? Live adult chat Find sex partner in your area! Free offer
for fun

Anónimo disse...

hi people,this is a simple test
sorry sex video
ggg

Anónimo disse...

It's a real show............ Try to find sexy partner in your area !
- JOIN FREE - After free registration you can have unlimited access to the huge adult source.
ATTANTION ! Adult only !...... http://todaytop.tripod.com

Anónimo disse...









free teen porn video clip
free indian sex video
free teen porn video
video porn gratis de famosas
video de porn gratis
free pregnant porn video
hot bollywood video

posadasanbras disse...

Luso-descendente constrói pousada/museu para divulgar Portugal




Um luso-descendente residente na Argentina vai construir uma pousada/museu para promover e divulgar Portugal, país que nunca conheceu mas que quer divulgar aos turistas que visitam Villa General Belgrano.



Para decorar a pousada Victor Lopes já tem galos de Barcelos, uma guitarra portuguesa, postais e livros sobre várias cidades portuguesas, presentes enviados por portugueses que tomaram conhecimento do projecto através da Internet.



Numa homenagem aos pais, às suas raízes e cultura, Victor Lopes diz que decidiu construir a pousada naquela localidade porque a mãe achou que Villa General Belgrano, no centro da Argentina, lembra a sua terra natal, São Brás de Alportel, no Algarve.



"A minha mãe diz que lembra a terra dela, só não tem as praias do Algarve", contou o luso-descendente de 44 anos à agência Lusa ao justificar a escolha daquela localidade.



Victor Lopes contou ainda que os pais foram para a Argentina há 50 anos e que o pai "tocava saxofone na banda do clube português de Buenos Aires".



O luso-descendente, que sempre esteve ligado ao ramo da hotelaria e do turismo, decidiu construir a pousada/museu "S. Brás" em homenagem aos emigrantes portugueses.



"Quis homenagear todos os portugueses que procuram um destino melhor na Argentina e que ajudaram a construir esta nação e, principalmente, quis homenagear os meus pais", sublinhou.



Mas mais do que uma pousada, o Victor Lopes quer criar um centro cultural com ligações a Portugal e por isso projectou um salão principal que servirá de museu.



"Nesse espaço, vamos ter tudo o que se possa relacionar com Portugal: fado, gastronomia, livros, discos, entre outras coisas", indicou.



Para ajudar Victor Lopes a construir o seu museu, muitos portugueses, que tiveram conhecimento do projecto através da Internet, estão a enviar-lhe os mais variados objectos.



Galos de Barcelos, fotografias, postais, posters e livros com a história das mais variadas cidades são alguns dos objectos que Victor Lopes já recebeu para enriquecer a pousada.



Um dos mais estimados é uma guitarra portuguesa, doada por um residente em Cascais.



"Quero expor artesanato de todo o país, para que cada terra possa mostrar as suas coisas e como Portugal é bonito", disse.



Por isso, "todos os objectos que queiram enviar serão bem vindos, desde que não tenham valor comercial, para que não pensem que quero fazer negócio", sublinhou o luso-descendente.



Para Victor Lopes, esta pousada representa também a preservação das suas raízes.



"É uma defesa das minhas origens, senão perco-a", afirmou.



Com 10 quartos, uma piscina, um salão de leitura, o amplo salão onde vão estar expostos os objectos e um espaço para um pequeno restaurante de gastronomia típica portuguesa, a pousada está prevista abrir em Outubro de 2007.



De acordo com Victor Lopes, este projecto resulta de um "esforço económico familiar".



"É um projecto familiar. Não recorremos a créditos, a subsídios governamentais ou a sócios, nem dependemos de cadeias hoteleiras", afirmou.



A pousada "S. Brás" vai ser a primeira estrutura turística portuguesa a ser construída em Villa General Belgrano, a 86 quilómetros de Córdoba e 780 quilómetros de Buenos Aires.



"Aqui não há muitos portugueses. Quando comecei o projecto não conhecia nenhuns, mas assim que coloquei a bandeira portuguesa na porta da pousada começaram a aparecer e agora somos cinco famílias portuguesas nesta zona", indicou.



Villa General Belgrano está rodeada pelas Sierras Grandes e Sierras Chicas e é caracterizada por um estilo da Europa central, fruto dos muitos emigrantes alemães, suíços e austríacos que se fixaram naquela zona.



Antes de cumprir o sonho de abrir a pousada, Victor Lopes vai realizar outro: o de visitar Portugal.



"Para o ano vou conhecer S. Brás de Alportel e depois vou percorrer o país", disse.



Fátima, Lisboa e o caminho português de Santiago de Compostela fazem parte do roteiro que está a preparar, que inclui ainda visitas a casas de fado para ouvir cantar o fado ao vivo e beber vinho da Madeira.

Morada:

SR. VICTOR LOPES

CORRIENTES 172

CP 5194- VILLA GRAL. BELGRANO

PCIA. DE CORDOBA

REPUBLICA ARGENTINA



http://groups.msn.com/POSADASANBRAS

Anónimo disse...

http://www.You4Dating.com 100% Free Dating website!

1.Our Website - is a great way to find new friends or partners, for fun, dating and long term relationships. Meeting and socializing with people is both fun and safe.

2.Common sense precautions should be taken however when arranging to meet anyone face to face for the first time.

3.You4Dating Free Online Dating ,You4Dating is a Free 100% Dating Site, There are No Charges ever. We allow You to Restrict who can Contact You, and Remove those unfit to Date.

4. You4Dating is Responsible for Creating Relationships per Year proving it is possible to Find Love Online. It will Quickly become a Leader in the Internet Dating Industry because of its Advanced Features and matching Systems,and most of all,Because is a 100% Free-There are No Charges Ever.

5. You4Dating is an International Dating Website Serving Single Men and Single Women Worldwide. Whether you're seeking Muslim,Christian,Catholic, Singles Jewish ,Senor Dating,Black Dating, or Asian Dating,You4Dating is a Right Place for Members to Browse through, and Potentially Find a Date.
Meet more than 100000 Registred Users

6. Multy Language Dating Site.

http://www.You4Dating.com

Anónimo disse...

bom comeco

Anónimo disse...

As well as called for some coinage, kredyt bez zaświadczenia nevertheless solely don’t are right until pay day advance? This occurs pożyczki bez bik in order to an incredible number of People country wide every day. An issue comes up also, you need to have pożyczki bez bik some coinage, your test isn’t settled yet still. But only if pożyczki bez bik there would be a way to prywatne pożyczki dla firm receive a payday advance loan on the net, perfect?

Anónimo disse...

[url=http://achetercialisgenerique20mg.net/]commander cialis[/url] cialis medicament
[url=http://comprarcialisgenerico10mg.net/]venta cialis[/url] cialis
[url=http://acquistarecialisgenerico10mg.net/]comprare cialis[/url] acquistare cialis
[url=http://kaufencialisgenerika10mg.net/]cialis[/url] preise cialis